terça-feira, 11 de outubro de 2016

1ª Fase do Programa Criança Feliz....


Bem o Michelzinho não faz parte desse mundo das crianças felizes, então vamos cortar mesmo e o resto que se dane.....

Vamos todos as ruas contra esse retrocesso na área da educação, saúde e políticas sociais.



"Se as novas regras da PEC da desgracença tivessem entrado em vigor há 20 anos (...) o salário mínimo em vigor no País não chegaria à metade do valor de hoje: estaria em apenas R$ 400,00, em vez dos R$ 880,00 estipulados atualmente".
No último ano de governo FHC (2002), o salário mínimo era de R$ 200. Com Lula e Dilma, o aumento real chegou a 72,75%, e foi anual, um antigo sonho dos trabalhadores.



Vendo a atual situação do Brasil lembrei de um axé que fez muito sucesso na década passada. Dizia mais ou menos assim:

Analisando essa cadeia hereditária
quero me livrar dessa situação precária
onde o rico fica cada vez mais rico
e o pobre cada vez mais pobre
e o motivo todo mundo já conhece
é que o de cima sobe e o de baixo desce.

Esse é o verdadeiro resumo dessa PEC 241 Para o presidente golpista e seus aliados quem deve pagar o pato é o trabalhador, O Judiciário brasileiro mesmo sabendo da inconstitucionalidade dessa PEC. se mantém omisso, afinal em tempos de crise 40% reajuste no salário é bem vindo. Os deputados do golpe tentam a todo momento salvar seu pescoço pois só faltou o voto do Cunha, foram 366 pela PEC. é bom lembrar que estão falando em reajustar seus próprios salários e benefícios, tudo isso em tempos de crise....