domingo, 9 de dezembro de 2018

Conversa fiada....

Resultado de imagem para charge corrupção no governo bolsonaro

Pra um bom matemático não é difícil contar, O cara movimenta 1,2 milhão em um ano e pede 40 mil emprestado dividido em 10 parcelas, dá pra acreditar numa piada dessas? A não ser que seu QI seja muito baixo você pode até arriscar, mas, em sã consciência ninguém cairia numa falácia dessas não. Conta outra Bolspnazi que essa ai ficou feia demais....

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Lewandowski se irrita em voo e pede prisão de passageiro


Diante de todos os ataques sofridos pela nossa constituição e o único órgão responsável de protegê-la mantém inerte diante de tudo. O que esse ministro queria ouvir? Que estamos orgulhosos da nossa corte?  Que parabenizamos pela falta de atitude dos magistrados da corte suprema? Mandar prender o rapaz porque? Ele disse apenas a verdade, verdade que o senhores ministros não querem ouvir. 

Resultado de imagem para charge sobre vergonha da justiça

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Brasil retira candidatura para sediar a COP-25 em 2019

Resultado de imagem para cpo 25
O governo do Brasil comunicou oficialmente que vai retirar sua candidatura para sediar a COP-25 (Conferência das Partes da Convenção do Clima das Nações Unidas), destinada a negociar a implementação do Acordo de Paris, de 11 a 22 de novembro de 2019. O Itamaraty informou sobre a decisão ao Secretariado da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima da Organização das Nações Unidas.
De acordo com o texto enviado ontem (27) às Nações Unidas, a retirada da candidatura se deve às “restrições fiscais e orçamentárias” que deverão permanecer no próximo governo.
“Tendo em vista as atuais restrições fiscais e orçamentárias, que deverão permanecer no futuro próximo, e o processo de transição para a recém-eleita administração, a ser iniciada em 1º de janeiro de 2019, o governo brasileiro viu-se obrigado a retirar sua oferta de sediar a COP 25."
O comunicado informa ainda que o governo brasileiro “conduziu análise minuciosa dos requisitos” para sediar a COP-25. “A análise enfocou, em particular, as necessidades financeiras associadas à realização do evento.”
Sendo o Brasil o 6º maior produtor de Co2 do mundo, negar sediar a COP-25 torna claro a intenções do futuro governo em relação ao meio ambiente, parece que o acordo feito com o agronegócio será bem mais lucrativo. Dane-se o meio ambiente. Dane-se as reservas indígenas. Dane-se a soberania nacional e Viva aos Estados Unidos da América. O tema da campanha "Brasil acima de tudo" como dizemos aqui no Nordeste: "Foi pra baixa da égua"
Fonte: EBC.

ONYX ANUNCIA FIM DO MINISTÉRIO DO TRABALHO



O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), futuro ministro da Casa Civil do governo de Jair Bolsonaro (PSL), anunciou que o Ministério do Trabalho será desmembrado e suas atribuições irão para as pastas de Economia, Justiça e Cidadania; "O atual ministério do Trabalho como é conhecido ficará uma parte no ministério do doutor Sérgio Moro (Justiça), outra parte com Osmar Terra (Cidadania) e outra parte com o Paulo Guedes, lá no ministério da Economia, para poder tanto a parte do trabalhador e do empresário dentro do mesmo organograma", afirmou Lorenzoni;; em novembro, depois da polêmica criada pela possibilidade de extinção da pasta, Bolsonaro afirmou que o ministério seria mantido. "O Ministério do Trabalho vai continuar com status de ministério, não vai ser secretaria", disse na ocasião. Mas me parece que a palavra do Bolsonazi não tem valor para seus ministros. Esse governo pelo que estamos vendo será o maior fiasco da história do Brasil. Temos um governo atolado de corruptos, entre eles um ex juiz que vai trabalhar ao lado de muitos dos seus investigados e até de um por ele condenado. O governo que seria contra a corrupção não passa de uma extensão da corrupção, só que dessa vez legalizada, pois para o Just Morow a lei que valeu para uns hoje não vale pra ninguém mais.... A não ser que envolva o nome do Lula, ai a coisa muda, o corrupto volta pra casa com todo dinheiro obtido da corrupção......

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Irritado com declaração, presidente da França enquadra Bolsonazi e ameaça boicote.



O presidente da França, Emmanuel Macron, disse hoje (29) que a possibilidade de seu governo apoiar o acordo comercial entre a União Europeia (UE) e o Mercosul depende da posição do presidente eleito, Jair Bolsonaro, sobre o Acordo Climático de Paris.

"Não podemos pedir aos agricultores e trabalhadores franceses que mudem seus hábitos de produção para liderar a transição ecológica e assinar acordos comerciais com países que não fazem o mesmo. Queremos acordos equilibrados", disse Macron, sem citar diretamente as declarações contra o Acordo de Paris feitas por Bolsonaro.


Macron fez as afirmações em uma entrevista coletiva conjunta com o presidente da Argentina, Mauricio Macri, com o qual se reuniu dois antes do início da Cúpula dos Líderes do G20, grupo formado pelas maiores economias mundiais.
A UE e o Mercosul (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, pois a Venezuela está temporariamente suspensa) negociam o acordo com base em três pilares - o diálogo político, a cooperação e o livre-comércio - há quase 20 anos.
Sem as dúvidas que manifestou em relação ao futuro governo brasileiro, Macron afirmou que pretende avançar nas relações com a Argentina e elogiou Macri por seguir um "rumo claro". Além disso, ressaltou que a França apoiou o pedido de empréstimo de US$ 57 bilhões feito pela Casa Rosada ao Fundo Monetário Internacional (FMI) após grave crise cambial.
Macron informou também que pretende criar um fórum econômico bilateral entre França e Argentina, para que empresas de médio porte dos dois países façam mais investimentos cruzados em setores como inovação e turismo.
Depois do encontro, os dois presidentes irão para a cidade de Tigre, ao norte de Buenos Aires, para um lanche oficial.
Além de Macron, que chegou ontem à capital argentina, já estão na cidade o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, e o primeiro-ministro de Singapura, Lee Hsien Loong.
Sobre a cúpula do G20, Macron indicou que espera que triunfe na reunião o espírito de "diálogo e cooperação". O presidente francês destacou ainda que tem uma relação "fácil e fluente" com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em temas como segurança e luta contra o terrorismo, mas admitiu que há "desacordos" nas discussões sobre comércio e o clima.

FONTE; Plantão Brasil

O Cadelinho brasileiro lampe as botas do Patrão E.U.A

Resultado de imagem para BOLSONARO BATE CONTINÊNCIA PARA ASSESSOR DE TRUMP

O Presidente eleito por São Paulo rebaixou o grau de representatividade do nosso país a mero soldadinho americano. Ao bater continência para o assessor do presidente americano, o presidente eleito por São Paulo envergonha a toda nação brasileira, mostrando que o nosso país voltará a ser uma colonia, só que dessa vez americana e não portuguesa como no passado. Isso mostra a total imbecilidade e falta de conhecimento em relação a politica externa, revela um brutal despreparo de um chefe de nação. O mundo inteiro deve estar estarrecido com tamanha falta de respeito com a soberania nacional. Esse presidente não passa de moleque traquino que resolveu brincar de presidir uma nação gigantesca e encontrou nas mãos de alguns ignorantes políticos aval para satisfazer o seu desejo. Entregar as nossas riquezas naturais para estatais estrangeiras é um crime de lesa a pátria, é uma total falta de respeito a constituição e a soberania nacional.  

quarta-feira, 28 de novembro de 2018

Formado na Pedagogia da Ignorância o Bolsonazi quer conferir a Prova do ENEM.

Resultado de imagem para BOLSONARO E PROVA DO ENEM

Formado em ignorância com Mestrado em Burrorologia e Doutorado em Imbecilidade o Presidente eleito por São Paulo quer conferir a prova ENEM. Desde a sua criação, nenhum presidente na história do Brasil pediu pra ver o exame do ensino médio, mesmo quando era ainda conhecido como "VESTIBULAR". Mas o detentor do saber de toda humanidade acha que o ENEM não pode ser aplicado sem antes passar pela sua vistoria. Daria tudo pra ver um relatório de conclusão dado a respeito de uma prova tão importante, feito pelo iletrado, por alguém de conhecimento limitado, por um cara que não conhece nem ao menos a divisão histórica e geografia de um país no qual de forma absurda foi posto para governar. Isso é uma afronta a todas a Universidade Federais do País e uma falta de respeito aos órgãos responsáveis pela elaboração e aplicação do exame. Será que não mais existirá respeitos as instituições? Será que essa aberração terá mesmo poder  para tanto? Isso é no mínimo vergonhoso para o nosso país, hoje o Brasil é motivo de chacota nos países mais desenvolvidos. 

Conversa fiada....

Pra um bom matemático não é difícil contar, O cara movimenta 1,2 milhão em um ano e pede 40 mil emprestado dividido em 10 parcelas, dá...