quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Cuba deixa o Mais Médicos.

Após ameaça de Bolsonaro o presidente cubano resolve levar seus medicos de volta.  Tendo em vista as várias criticas feita durante a campanha eleitoral, chegando a chamar os médicos de guerrilheiros disfarçado e de ter ameaçado expulsar os cubanos do Brasil. Cuba chama seus medicos volta e isso provocará um desfalque enorme no atendimento público do Brasil.  serão  mais de 60 milhões de pessoas sem atendimento básico na saúde. 

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Contra Escola sem Partido, governo do MA edita decreto por 'escola sem censura'

O Governador do Maranhão Flávio Dino  edita Decreto garantindo Escolas com Liberdade e Sem Censura no estado, nos termos do artigo 206 da Constituição Federal. Falar em “Escola Sem Partido” tem servido para encobrir propósitos autoritários incompatíveis com a nossa Constituição e com uma educação digna. O decreto publicado pelo Governo do Estado do Maranhão é fundamental para chamar atenção de todo o Brasil para a necessidade de garantir a liberdade de expressão e o respeito aos professores. Contra patrulha e contra censura, contra mordaça e contra a arrogância, precisamos cada vez mais defender os professores e professoras. São profissionais que estudaram anos e anos para ter uma formação. Que se dedicam todos os dias a fazer o melhor pelos estudantes. Merecem respeito e admiração de todos.

domingo, 11 de novembro de 2018

Em apenas duas semanas, nove professores são agredidos em Porto Alegre

Imagem relacionada

O caso mais recente ocorreu nesta quarta-feira (7). No ato, cinco docentes sofreram agressão, que incluiriam injúrias raciais. Nos últimos 15 dias, houve registro de agressões físicas e verbais em cinco escolas da cidade de Porto Alegre (RS). Dentre as quais, quatro são da rede municipal e uma da estadual. Ao todo, nove docentes foram desrespeitados. O caso mais recente ocorreu na quarta-feira (7) e teve desdobramentos na tarde de quinta-feira (8), quando a mãe de uma aluna também agrediu um policial. Então ninguém está livre das agressões, nunca se viu na história de um país professores serem colocados como inimigos da sociedade. Sou professor a vinte anos, jamais imaginei de ver colegas de profissão passando por tais situações. Não sei de quais doutrinações se falam, nem em que sentido professores são considerados isso ou aquilo. Acho um ato de covardia o chefe da nação ao invés de tentar unificar o país, está mais uma vez tentando colocar a população contra uma classe tão massacrada como a de docente neste país. No vídeo por ele publicado nas redes sociais ao invés de dizer que vai ajudar a melhorar a disciplina nas escolas, fala-se em filmar, gravar e denunciar professores.Não baixarei a guarda, continuarei com meu trabalho da forma como aprendi nos meus quase 10 anos de universidade. Não quebrarei  meu juramento de transmitir aos meus alunos o que realmente necessitam para se tornarem homens e mulheres de bem. 

Se você tem medo não o faça, se você o está fazendo não tenha medo!  Genghis Khan

Respeito é só repeito e nada mais.


Respeito e liberdade, é o que queremos e desejamos para essa humanidade que luta pela igualdade, que batalha para ser livre, mas que não aprendeu ainda, a respeitar a liberdade dos outros. (....) Desejamos um mundo onde as pessoas possam ser livres em sua essência e verdade. Desejamos que as pessoas possam amar e serem amadas da maneira que quiserem e por quem quiserem. E que o amor de uns não provoque o ódio em outros. Desejamos de verdade, um mundo mais consciente, mais tolerante, mais sensível a dor, a imperfeição e as escolhas alheias. (...)  Um mundo assim não é tão difícil de existir, não é tão caro o quanto pensamos, e não está tão distante o quanto imaginamos. Ele pode estar bem perto de nós, ele pode estar debaixo do nosso nariz e não o enxergamos. E sabe por que ainda não o enxergamos? Porque estamos preocupados demais com nossos egos e com o nosso conservadorismo obsoleto, que não acompanhou a evolução social no mundo, não se trata de evolução biológica como querem tratar os ignorantes, "Pato jamais será canso" pois não existe mutação de espécies, estamos falando e evolução sócio econômica, politica e cultural da sociedade. Ignorar que isto esteja acontecendo é condenar nosso próprio irmão, e como não temos capacidade de aceitar, empurrá-lo para um abismo, deixá-lo a margem de uma sociedade que se degrada a cada dia. A intolerância seja por qualquer motivo, sempre levará a conflitos que acabarão com vidas inocentes, vidas ainda nem começadas, vidas ainda nem vividas. Como podem falar do "Amor de Cristo se não sabem o que é amar? Como podem falar em perdão, se não tem capacidade de perdoar? Como podem falar de fraternidade se são tão mesquinhos em suas ações? O filho de Deus, Cristo Jesus não amou religiões, Ele amou pessoas, Não precisou de templos colossais nem de milhões em sua conta bancária para pregar o evangelho, Ele fazia isso da forma mais humildes possível e nunca tentou influenciar seus seguidores apontando este ou aquele como sendo bom ou ruim. Aconselharia aos pastores e padres a fazerem uma nova leitura da bíblia e ver se realmente é disso que estamos tratando em cultos dentro dos templos colossais da modernidade.    

sábado, 10 de novembro de 2018

Índio é assassinado com tiro nas costas em Aldeia no Tocantins

Resultado de imagem para Indigena

O indígena Raimundo Nonato Conceição dos Anjos, 34 anos, foi assassinado na aldeia indígena próxima ao povoado Varedão, em São Bento do Tocantins, na região norte do estado. Segundo a Polícia Militar (PM) o homem morreu após ser atingido com um tiro nas costas. O motivo do assassinato ainda é desconhecido, mas é importante lembrar que a região onde ocorreu o assassinato vem sendo palco de denúncias de desmatamento para o plantio de eucaliptos, implantação de carvoarias e pecuária. segundo a polícia, a vítima, a companheira e o filho saíam da aldeia quando ouviram um disparo de arma de fogo vindo de dentro do mato. O suspeito também teria tentado acertar um dos filhos da vítima, mas não conseguiu. Raimundo chegou a ser levado para o hospital de São Bento, mas chegou à unidade sem vida. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Augustinópolis. O principal suspeito foi identificado, mas conseguiu fugir e ainda não foi preso. Bem quando ouvimos o chefe maior da nação dizer "que nenhum centímetro de terra será demarcado para indígenas e que eles tem que se adequar a sociedade moderna"  Será que é isso que estão tentando  fazer? Não estou querendo ligar este fato ao que disse o presidente eleito por São Paulo, mas como sempre o discurso de ódio está levando a um genocídio lento que poderá ter proporção ainda maior nos próximos anos se algo não for feito. 

O ANONIMATO É O PRIMEIRO SINAL DA COVARDIA


Como já havia falado antes, o silêncio do Presidente eleito por São Paulo diante das ameças sofridas em todos os âmbitos da sociedade dar a seus seguidores aval pra concretizarem suas barbáries. Nunca em minhas mais de quatro décadas de vida tinha visto tamanha monstruosidade. Mas, resistirem até o fim, somos maioria e seremos fortes, vigilantes e jamais deixaremos de fazer o que fazemos melhor, contextualizar fatos históricos com a presente realidade só é considerada doutrinação pelos ignorantes (não vou chamar de burros em respeitos aos animais). Força a todos aqueles que resistem nas suas salas de aula. Hoje ser professor tem se tornado uma profissão de risco. Não sei o porque eles tem tanto medo de livros.....

Todo amanhã se cria num ontem, através de um hoje (...). Temos de saber o que fomos, para saber o que seremos.
Paulo Freire

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

É um Etnocídio, um crime Bolsonaro acabar com a demarcação de terras indígenas.

Em imagem de arquivo, indígenas participam de manifestação em Brasília

O presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, afirmou nesta semana que seu governo se oporá a novas demarcações de terras indígenas. Em entrevista à TV, Bolsonaro falou que os índios devem se moldar à sociedade.- Ele também comparou a permanência dos índios em terras demarcadas a animais em um zoológico e disse que os indígenas não precisam disso. As declarações do Presidente eleito por São Paulo deixa as várias nações indígenas do Brasil em pé de guerra. A terra é deles por direito e devem ser preservados. Não se trata apenas de demarcações e sim de assegurar as nações indígenas ainda existentes a possibilidade de sobrevivência, os poucos que ainda restam são a parte viva da origem do nosso povo e devem ser respeitados. O discurso do ódio é cada vez mais legitimado pela fala do chefe maior da nação.  Penso que como Presidente este deveria tentar promover uma conciliação entre o povo brasileiro e não acirrar ainda mais o preconceito étnico e social já tão acentuado no nosso país.

Cuba deixa o Mais Médicos.

Após ameaça de Bolsonaro o presidente cubano resolve levar seus medicos de volta.  Tendo em vista as várias criticas feita durante a campa...